Novo Ano é enigma?

Veja como funcionou.

Publicado em AMRAD

Foi em 2014 que o Snr. Pikinhas descobriu um objeto extraterrestre

Ver a notícia de 5 de abril de 2014:

Notícia

Agora em vídeo no youtube:

Vídeo

https://www.amrad.pt/amrad-coopera-no-lancamento-de-balao/
Publicado em AMRAD

Museu Faraday na Covid 19

Apesar das restrições impostas pela pandemia, os trabalhos no Museu Faraday continuaram com grande intensidade, ver o recente relato de atividades.

Publicado em AMRAD

Primeiro chip VLSI Português

Vai fazer 40 anos que foi projetado o primeiro circuito integrado monolítico em Portugal, ver notícia:

https://museufaraday.ist.utl.pt/HistTecnology/VLSIemPortugal_1982.pdf

Publicado em AMRAD

Exposição sobre Válvulas

O Museu das comunicações decidiu prolongara a exposição sobre válvulas até ao fim do ano de 2021.

Ainda vão a tempo de visitar a exposição sobre válvulas eletrónicas que está  no Museu das Comunicações (MC) até ao final do ano, e que contou com a participação do Museu Faraday do IST. Para esta exposição foi criada uma demonstração de alta fidelidade dos anos 50 e que será depois transposta para o Museu Faraday juntamente com outras demonstrações de áudio dos anos 70 e 90.

http://museufaraday.tecnico.ulisboa.pt/Press&Media/MF%20no%20Museu%20das%20Comunica%c3%a7%c3%b5es.pdf

Publicado em AMRAD

CT1FGW Inaugura Estação EME

No passado dia 25 de setembro de 2021, o colega João Caria, CT1FGW, convidou alguns amigos para um almoço de inauguração da sua estação, “Homemade”, de comunicações de rádio por reflexão na Lua. Este evento foi organizado pelo colega Carlos Gorjão que convidou um conjunto de pessoas interessadas nestes assuntos. Por motivos de impossibilidade pessoal, embora estivessem convidados, estiveram ausentes : Rui Rocha, Luis Cupido e Miguel Pelicano.


Da direita para a esquerda:
CT1XV, CT1FFU, CT2GUR, CT4RK, CT1FGW, CT1WO, CT7AFN, CT2ZO e CT1TE.

Depois do almoço, João Caria convidou os amigos para fazerem uma visita à estação. Como a Lua não estava visível, não foi possível fazer a desejada comunicação, mas ainda deu para fazer algumas experiências de receção do ruído eletromagnético emitido pelo Sol e para reproduzir algumas gravações de comunicações anteriormente feitas, através da reflexão na Lua.

Almoço cuidadosamente preparado pelos familiares de João Caria.
Sobremesa a condizer com a ocasião.

Os convidados presentes ficaram excecionalmente bem impressionados com o trabalho realizado pelo colega João Caria que, além de construir a antena de sete metros de diâmetro, construiu os emissores e recetores apropriados para a comunicação de rádio por reflexão na Lua.

O colega António Matias, CT1FFU, apresentou também alguns dos sistemas que desenvolveu nomeadamente um sistema de comunicações via satélite e um oscilador de frequência de referência acertado pelos sinais do sistema GPS. Estes sistemas tem tido bastante sucesso no mercado internacional. O colega Paulo Delgado, CT2GUR, apresentou também trabalhos na área das comunicações por satélite.

Publicado em AMRAD