Ciência Viva convida AMRAD

A convite da historiadora Fernanda Rollo o Ciencia Viva pondera vir colaborar numa exposição sobre os 80 anos da rádio que vai ter lugar no Torreão Norte do Terreiro do Paço durante as festas de Lisboa. Têm equipamentos da época do espólio da RDP/RTP e o Ciencia Viva convidou a AMRAD  para acrescentar é um módulo simples, apelativo, que possa explicar como funciona a rádio. O colega CT2ZO ofereceu-se também para expor rádios da sua coleção de 1917 a 1930.

Publicado em AMRAD

Estatutos da ANACOM

Veja aqui os estatutos da ANACOM.

Publicado em AMRAD

AMRAD no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de São Bruno

A  AMRAD, como conselheira, participou ontem na reunião de análise dos relatórios das atividades desenvolvidas no  Agrupamento de Escolas de São Bruno. Pela presidente do Conselho Diretivo  foi salientada a grande instabilidade existente no corpo docente das escolas,  que provavelmente terá repercussões negativas na aprendizagem dos alunos.  A AMRAD  preparou vários tipos de atividades para serem realizadas nas escolas do ensino básico, que envolviam alguma participação dos docentes .  A Professora  Helena Leitão sugeriu-nos que, devido a essa instabilidade docente as atividades previstas passem a demonstrações em várias áreas temáticas.

 

Publicado em AMRAD

Wireless World

Ainda não havia estações de radiodifusão mas a rádio já era usada para comunicações entre navios e a costa marítima, quando apareceu o primeiro número da revista “Wireless World”, em Abril de 1913. Esta revista tomou o lugar da Marconigraph, criada dois anos antes, que era distribuida entre técnicos da Marconi e ficou, assim, disponível para todo o público. Neste primeiro número, entre outras assuntos,  pode encontrar a lista dos conhecimentos que eram recomendados  para um técnico de rádio. Neste endereço pode encontrar um repositório de cópias de números antigos da revista. A revista começou por ser dedicada ao rádio mas nos anos 50 começou a ter uma forte  ênfase em áudio e em circuitos com transistores e, nos anos 70, previlegiou os circuitos lógicos e microprocessadores, sempre a par de artigos de rádio e mantendo sempre  uma forte componente experimental. O nome da revista foi mudando, ajustando-se aos tempos e tecnologias, mudando em 1984 para Electronics and Wireless World e, em 1996, para Electronics World.

1º número da WW

Números da Wireless World

Publicado em AMRAD

Radioamador – o construtor premiado

Os radioamadores tiveram um papel enorme no desenvolvimento das radiocomunicações, mesmo antes de estas estarem reguladas. Em 1909 , M. Dodd era bombeiro em San Bernardino, Califórnia, USA, e construiu, no quartel,  uma estação avançada de rádio. Com ela ganhou um concurso promovido pela Revista Modern Electrics. Teve direito a uma reportagem de uma página na revista e um prémio chorudo de três dolares. Em 1912 usou partes desta estação para construir uma nova estação. Esta estação foi encontrada em 1999 com os componentes quase intactos e agora faz parte de um museu. M. Dodd também era fotógrafo amador e deixou excelentes fotografias sobre os aparelhos que construiu.

Veja aqui a história deste radioamador

Publicado em AMRAD

Radioamador porquê?

Veja aqui porquê.

 

Publicado em AMRAD